O Fundador da JOCUM (Jovens com uma Missão), Loren Cunningham, morreu aos 88 anos, nesta sexta-feira (6), deixando um grande legado em missões.

Loren foi o primeiro missionário a viajar para todos os países e ilhas do mundo, levando o Evangelho através da JOCUM, fundada em 1960.

O pioneiro, considerado um cristão humilde e acessível, lutava contra um câncer e trabalhou na missão até seus últimos dias.

Cunningham revolucionou a obra missionária ao dar oportunidade para que jovens, de diversas denominações, servissem a curto prazo de forma voluntária.

O ministério global alcançou as nações através do evangelismo, treinamento e ação social. Hoje, há milhares de obreiros de tempo integral atuando em mais de 2.000 bases da JOCUM por todo o mundo.

Chamada missionária

Nascido na Califórnia, Estados Unidos, Loren recebeu a chamada missionária aos 13 anos de idade, durante um culto de avivamento em 1948.

Mais tarde, em 1956, ele teve uma visão de ondas, enquanto se preparava para ministrar nas Bahamas. 

“De repente, eu estava olhando para um mapa do mundo, só que o mapa estava vivo e se movendo! Cada onda entrava em um continente, depois recuava e subia ainda mais, até cobrir completamente o continente. As ondas se transformavam em jovens – da minha idade e até mais novos – cobrindo todos os continentes do globo. Eles iam de casa em casa e pregavam o Evangelho. Eles vinham de todos os lugares e iam a todos os lugares, cuidando das pessoas”, contou Loren, em seu livro “Pode Falar, Senhor… estou ouvindo”.

Loren Cunningham deixa a esposa, Darlene Joy Scratch-Cunningham, dois filhos, e três netos.

Fonte: Guia-me com informações de Jocum

The post Morre Loren Cunningham, fundador da JOCUM first appeared on Folha Gospel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *