Missionária cria centro de gravidez pró-vida para ajudar mães na Tailândia

A gravidez não planejada é um problema entre muitas meninas e mulheres na Tailândia. Pensando nisso, a missionária do IMB Beth Hipps começou a construir um centro pró-vida com a ajuda de cristãos e profissionais de saúde em Chiang Mai, para apoiar aquelas que precisam.  

“Queremos equipar e capacitar as mulheres para escolherem a vida”, disse Beth. 

Anong mora no país e engravidou aos 15 anos. A adolescente fugiu de casa para morar com a família do namorado e, embora tenham ajudado um pouco, o casal ainda não sabia como lidar com a situação. 

Um dos cristãos que faz parte da equipe ouviu a história de Anong e ligou para Beth, que decidiu ajudar a menina, com a mesma idade de sua filha.  

Naquele dia, eles conseguiram levar Anong a uma clínica para fazer um ultrassom. Nas semanas seguintes, conversaram sobre suas dúvidas e problemas, e a ajudaram a ver que ela não estaria sozinha se decidisse manter a gravidez.  

Quatro meses depois, Anong deu à luz uma menina saudável. Ao se estabelecer na maternidade, ela continuou a ter o apoio de Beth e de outros crentes. No local, ela ouviu o Evangelho e contou com a oração da equipe por sua família. 

Atendendo a necessidade

Segundo o IMB, esta experiência mudou não só a vida de Anong e sua família, mas também a de Beth.

Ela estava orando e esperando estabelecer o primeiro centro de gravidez pró-vida de Chiang Mai, mas não tinha ideia de como iniciar a não ser construindo uma rede de conexões.  

Ajudar Anong fez com que Beth percebesse que tudo o que as mulheres que estão em crise precisam é de oração, apoio e encorajamento. 

Vários anos depois, ela ajudou a fundar um centro de gravidez chamado ELM Pregnancy Center, que conta com sete equipes de atendimento em toda a Tailândia. 

De acordo com o IMB, essas equipes caminham ao lado das gestantes e adolescentes dando apoio em cada fase da gravidez e por até dois anos após o nascimento da criança. 

As equipes de atendimento auxiliam as mulheres a fazer ultrassonografias e exames pré-natais. Como também ensinam por meio de um livreto como seus bebês estão se desenvolvendo. 

Essas informações dão às mulheres conhecimentos sobre como se preparar e o que esperar em cada fase da gravidez. As equipes são compostas apenas por cristãos, e eles compartilham testemunhos e o Evangelho.  

Provisão de Deus

A ELM desempenha um papel crucial na Tailândia satisfazendo as necessidades físicas e espirituais das mulheres grávidas. 

Nos últimos anos, o país descriminalizou o aborto e, em 2022, expandiu o acesso ao aborto das 12ª semana até à 20ª semana de gravidez. 

O ministério da ELM satisfaz uma comunidade específica e negligenciada e fornece outra alternativa às organizações pró-aborto com forte influência no país.

“Acredito que estamos prestes a escrever a narrativa pró-vida na Tailândia”, disse Beth.  

Ela testemunhou que sua parte favorita ao longo dos anos tem sido ver como vidas, inclusive a dela, foram mudadas pela incrível provisão de Deus a cada passo do caminho. 

Desde designers gráficos, até médicos e, mais recentemente, um espaço físico para o centro se reunir. 

“Acho que essa parte é a melhor, ver como Deus transforma vidas. Não apenas de mulheres grávidas não planejadas, mas de mulheres que estão apenas dispostas a atender ao chamado”, concluiu ela. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *