Eu não quero descansar

Sempre faço meu filho dormir ao som de música. Várias vezes ao dia me vejo andando pela casa, embalando um bebê que luta contra o sono enquanto eu canto e espero que ele finalmente ceda e durma. Algumas vezes, nos dias mais cansativos, me pergunto: se ele está tão cansado, por que não dorme logo? Ele está seguro, quentinho no meu colo, estou aqui, segurando a mão, andando, embalando, cantando, o que mais falta? Mas meu bebê continua brigando e parece não querer descansar, e quanto mais resiste, mais irritado fica.

A situação é a mesma, mas mudo as músicas para ter algo de diferente. Em um desses dias, começo a cantar com o celular e só me dou conta da letra da música lá pelo meio: “Mas do teu amanhã Eu cuido, descansa, sossega, pois Eu estou aqui presente, bem juntinho. Eu estou cuidando de você, Eu estou cuidando de você. Pra que esse medo? Pra que desespero? Sou Eu quem cuido de você. Cuido dos detalhes. Cuido dos detalhes. Cuido do teu coração. Pra que se preocupar? Entrega tudo a Mim, pode descansar.”

Enquanto meu filho seguia lutando, comecei a pensar em quantas vezes eu não faço a mesma coisa. Luto para não descansar, esqueço de entregar tudo nas mãos do Pai, esqueço de confiar, de sossegar, esqueço que Ele está pertinho, que me segura no colo, que tem braços sempre abertos para me receber, esqueço que ele me acalenta e consola, que posso entregar tudo e simplesmente descansar.

Não que a gente deva ficar parado. Não fique assistindo a vida acontecer, totalmente inerte, enquanto espera que Deus faça tudo por você. Mas não queira assumir o comando. O controle não é nosso e tentar dominar as coisas só nos leva a um lugar ilusório. Porque não temos como saber do amanhã, não temos como impedir o que o futuro trará.

Descansa no Pai, confia! Sossega teu coração. Aceite o colo, feche os olhos tranquilos e pare de lutar, aceite descansar nos braços daquele te ama como ninguém jamais amou e nem jamais vai amar!

Mariana Mendes, casada com Leandro, autora de O Relógio de Nina. Membro da IAP do Parque. Filha do Pai e filha de pastor. Apaixonada por livros, por culinária e por observar os detalhes da vida, a fim de enxergar a rotina com novos olhares.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Em forma de bebê

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *