Ator de Friends relatou experiência com Deus em livro

O ator Matthew Perry, que foi encontrado morto no último sábado (28) em sua residência em Los Angeles, Estados Unidos, teve uma experiência com Deus que marcou uma decisão importante em sua vida.

Apesar de seu maior sucesso como o sarcástico Chandler Bing, da famosa série de TV dos anos 90 “Friends”, o ator de 54 anos enfrentava uma batalha contra o vício em drogas e álcool.

Antes de morrer, Matthew publicou o livro “Friends, Lovers, and the Big Terrible Thing” (“Amigos, Amores e Aquela Coisa Terrível”), onde conta detalhes de seu processo.

Em seu livro de memórias, o ator conta que acredita que desmaiou algumas vezes durante as filmagens porque não se lembra de gravar algumas cenas. Ele também disse que a certa altura tomava cerca de 55 comprimidos de Vicodin por dia.

Seu vício totalizou 14 passagens pela reabilitação, 15 cirurgias estomacais e mais de 60 tentativas de desintoxicação.

Experiência com Deus

Segundo Mathew, foi através de uma oração sincera que ele decidiu ser liberto de seus vícios.

“‘Deus, por favor, me ajude. Me mostre que você está aqui. Por favor, me ajude'”, escreveu em seu livro. 

E continuou: “Eu comecei a chorar. Tipo, eu realmente comecei a chorar — aquele tipo de choro incontrolável de sacudir os ombros. Eu não estava chorando porque estava triste. Eu estava chorando porque pela primeira vez na minha vida, eu me sentia bem. Eu me senti seguro, cuidado. Décadas lutando com Deus, e lutando com a vida e a tristeza, tudo estava sendo lavado, como um rio de dor que caiu no esquecimento”.

“Eu estive na presença de Deus. Eu tinha certeza disso. E desta vez orei pela coisa certa: ajuda”, disse Mathew.

O ator acreditava que esse encontro com Deus foi a razão pela qual ele permaneceu sóbrio por dois anos.

“Deus me mostrou um pouco do que a vida poderia ser. Ele me salvou naquele dia, e para todos os dias, não importa o que acontecesse. Ele me transformou em um buscador, não apenas da sobriedade e da verdade, mas também dele”, declarou Mathew.

A morte do ator

O corpo de Matthew foi encontrado em uma banheira de hidromassagem em sua casa nos EUA. O jornal O Globo informou que a causa da morte ainda não foi definida. 

Segundo a imprensa americana, fontes ouvidas pelo “TMZ” relataram que Mathew teria se afogado e que socorristas atenderam a um pedido de socorro devido a uma parada cardíaca em sua casa.

Próximo à banheira, não havia drogas nem indícios de crime. Por isso, é necessário aguardar resultados de novos exames. 

De acordo com o site CBS News, uma autópsia foi concluída no último domingo (29), porém, segundo o Gabinete do Examinador Médico do Condado de Los Angeles, os laudos toxicológicos estavam pendentes.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Los Angeles, Brian Humphrey, informou que se espera que o médico legista local “conduza uma autópsia e possa determinar a causa e a forma da morte de Matthew Perry”.

Carreira

Matthew ficou conhecido pelo personagem Chandler Bing, da série americana de sucesso “Friends” (1994-2004). 

O ator tentou esconder seu vício de amigos, familiares e colegas de trabalho por muitos anos. Até que um dia, ele foi confrontado pela amiga Jennifer Aniston. 

“Imagine como isso foi assustador. Eu disse: ‘Como? Achei que estava escondendo isso tão bem’. E ela disse: ‘Podemos sentir o cheiro em você’. Mas eu não estava em condições de parar porque o vício é isso, mas ela foi quem mais ajudou. Estou muito grato a ela por isso”, relatou ele durante o programa de reencontro do elenco em 2021. 

Na última segunda-feira (30), o elenco da série “Friends” rompeu o silêncio sobre a morte de Matthew em uma carta conjunta, onde Jennifer Aniston (Rachel), Courteney Cox (Monica), Lisa Kudrow (Phoebe), Matt LeBlanc (Joey) e David Schwimmer (Ross) lamentaram a partida do amigo.  

“Estamos todos totalmente arrasados ​​​​com a perda de Matthew. Éramos mais do que apenas colegas de elenco. Somos uma família. Por enquanto, nossos pensamentos e nosso amor estão com a família de Matty, seus amigos e todos que o amavam ao redor do mundo”, diz um trecho do comunicado enviado à revista People.

No último domingo (29), os co-criadores da série, Marta Kauffman e David Crane, emitiram uma declaração em conjunto com o produtor executivo Kevin Bright:

“Estamos chocados e profundamente tristes com o falecimento de nosso querido amigo Matthew. Ainda parece impossível. Tudo o que podemos dizer é que nos sentimos abençoados por tê-lo como parte de nossas vidas. Ele era um talento brilhante”, dizia a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *